Pastel caseiro

O que veio antes? O guioza ou o rolinho primavera?

Eu não sei, mas tudo indica que o pastel tem origem dos imigrantes chineses que vieram para o Brasil, montando pastelarias e assim popularizando uma das obsessões gastronômicas brasileiras.

Iguaria típica nossa, se encontra em cada esquina nos grandes centros e quanto mais fresco, melhor.

O que é mais impressionante é que as pessoas normalmente compram a massa pronta no supermercado. Veganos então nem se fala. Costuma-se achar que a massa de pastel leva ovos, mas isso não é verdade.

Hoje mostro uma receita muito fácil e maravilhosa de pastel caseiro, receita que uma vez feita, você nunca mais vai comprar massa pronta.

Aí vai:

Massa:

4 xícaras de farinha de trigo

2 colheres de sopa de óleo

2 colheres de sopa de cachaça (não é opcional)

1/2 colher de sopa de sal

250ml de água

Misture todos os ingredientes secos e depois o óleo e a água e sove bem              (+- 10minutos). A massa deve ficar bem macia, mas sequinha. Deixe a massa descansando enquanto prepara o recheio.

Recheio:

Para o recheio, há muitas opções que não envolvem proteína de soja. Hehe Minhas dicas: palmito (nas feiras de rua em SP, o mais famoso é o creme de palmito), cogumelos, creme de milho, brócolis e tofu,  jaca desfiada…etc

Aqui, vou mostrar o com creme de palmito:

500g de palmitos em conserva

Se você detesta muito conservas, deixe o palmito de molho em água morna com 2colheres de sopa de açucar por 1 hora.

2 cebolas médias bem picadinhas

1 molho de tomilho

2 dentes de alho bem picadinho

2 colheres de sopa de amido de milho (Maizena)

Pique o palmito em cubos.

Refogue bem a cebola e o alho. Junte o palmito. Mexa bem. Adicione as folhinhas do tomilho. Deixe cozinhar por 5 minutos.

Pegue uma parte desse recheio e bata no liquidificador com um pouco de água, as colheres de amido de milho e sal. Deve ficar um creminho.

Misture o creme com o palmito. Você pode bater todo o palmito junto se quiser deixar o recheio mais creme do que pedaços. Eu, particularmente, gosto de creme e pedaços de palmito juntos.

Equilibre sal/pimenta. E voilá, está pronto o recheio.

Reserve.

Hora de abrir a massa. Aqui no restaurante usamos este cilindro:

Mas nada impede de você usar um rolo de massa ou uma garrafa de vinho.

Minha dica é porcionar essa massa na quantidade/tamanho de pastéis que você quiser.

Aqui, fazemos pastéis gigantes (23cmx15cm), mas você pode fazer pasteizinhos de aniversário redondos ou quadrados.

Essa receita acima rende 9 destes pastéis gigantes.

Abra a massa e vá adicionando farinha para ela não grudar nem na bancada, nem no rolo.

Vá abrindo até que ela fique fina, mas não muito. Uma boa massa terá 3mm de espessura.

Corte com a ajuda de um molde e recheie.

Quando você for colar a massa de cima, não esqueça de pincelar água nas bordas. Não esqueça mesmo pois ele abrirá na frigideira e tudo irá pro espaço.

Sua massa recheada poderá ficar assim (!!!) :

Uma boa dica é você comer acompanhado de molho vinagrete.  Ah! Essa massa serve para fazer pastelina caseira com as bordinhas que sobram do pastel. É só fritar e salgar. Também não abuse muito porque sabe como é…

Beijos de luz!

2 respostas para “Pastel caseiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *